Copy
News #2: Posicionamento, foco e energia
Ver no navegador

Feliz ano novo, <<Nome>>!

Como estão as coisas por aí?

Já aviso que a mensagem de hoje é longa, mas se você está sendo aquela pessoa que quer MESMO arrumar um emprego legal esse ano, aquela pessoa que quer MESMO ser mais feliz no trabalho, aquela pessoa que quer MESMO protagonizar a própria vida e parar de andar em círculos, recomendo que leia até o final. Esse textão vai te trazer a reflexão que, pra mim, foi a mais importante da vida e que vem trazendo todas as minhas conquistas.

Estamos vivendo hoje um dia bem importante para o calendário do brasileiro: o segundo ano novo! rs
E, olha só, o primeiro dia de um mês novinho está acontecendo exatamente após os dias de folia. Como não acredito mais que existem coinciências e sim sincronicidades, convido você a aproveitar toda essa vibe de "agora vai" do pós carnaval, junto com a vibe de "março me surpreenda" para mudar a sua forma de pensar sobre como fazer escolhas e, inclusive, encontrar um emprego, para surpreender a si mesmo o resto do ano todo.

E esse é de fato o primeiro passo: que tal tirar as responsabilidades das suas escolhas e de alcançar seus objetivos do mundo e trazer de volta pra si? Para começar a aumentar suas chances de conseguir aquela vaga que sempre quis ou sair do status "buscando recolocação no mercado de trabalho", é preciso assumir a responsibilidade de conquistar isso. E o que isso significa? Significa deixar de lado as reclamações e acomodações, ficando do seu próprio lado e entendendo que algumas várias coisas nessa história toda dependem exclusivamente de você.

O dia que eu resolvi assumir a responsabilidade foi o dia que me dei conta que ninguém estava me segurando aonde eu estava. Ninguém havia me amarrado ao pé da mesa do escritório ou me forçado a assinar aquele contrato. Não adiantava culpar meus chefes, reclamar da empresa, me colocar na posição de uma pessoa enganada pela vida: eu assinei aquele contrato e estava escolhendo, diariamente, mantê-lo. Claro que existiam muitas outras variáveis como: pagar aluguel, contas e as responsabilidades da vida, além da enorme sensação de que não existiria chão, nem nenhum outro emprego no mundo pra mim.

A verdade é que assumir a responsabilidade dói. Não temos mais a quem culpar e sabemos que, a partir daquele momento, vamos ter que suar o corpinho para chegar em algum lugar. Vamos ter que olhar mais para dentro, conhecer melhor a nossa essência, lidar com nossos problemas, sombras e medos, entender nossos limites (principalmente psicológicos e financeiros), para que as escolhas sejam mais certeiras. E mais: vamos ter que estar de bem com o fato de que esse é um trabalho de uma vida inteira.

Ok, Raquel, bronca recebida. Mas o que isso tem a ver com encontrar aquele emprego bacaninha?

Huhuhuu
É aí que a mágica acontece, meu querido! Depois que você já passou por todo esse perrengue de virar adultinho e matar a responsabilidade no peito, ainda te estimulam a pensar que você não tem o direito de escolher e que você tem que aceitar o que vier. Afinal, uma oportunidade é uma oportunidade, né? Na vida real, a gente procura emprego e torce para alguém nos escolher, não é mesmo? Você não é lá grande coisa...

O nome disso não é vida real, chuchu, o nome disso é o resultado de anos de assédio moral disfarçado de "liderança" e/ou anos enfiando crenças como "você não é bom o suficiente", "trabalhar não é ser feliz" ou "não tem vaga no mercado", dentre inúmeras outras crenças que te desempoderam como profissional, martelando na sua cabeça. Além de claro, a pior de todas, aquela bendita culpa de que tem um monte de gente sem emprego e você querendo ser mais feliz no seu. Querendo escolher? Onde já se viu um negócio desse?

Assumir a responsabilidade exige autoconhecimento, autoconhecimento exige coragem para mudar e, todo esse arsenal de informações irá te levar a tomar uma atitude e ter um posicionamento que é SEU diante da vida. E isso, no nosso caso, siginifca ir contra grande parte das coisas que ouvimos por aí e ter que deixar de lado essas crenças. Se posicionar diante da vida é uma coisa muito louca e difícil. Você se sente um ET, uma vez que seus colegas de trabalho e maioria dos seus amigos pensam diferente de você e fica se perguntando "aonde eu tava esse tempo todo, gente?", porque, apesar de tudo, ir contra o que a sociedade definiu como verdade faz mais sentido agora.

Dessa nova crença, nasce um novo você, uma nova forma de pensar e agir e, consequentemente, um novo foco.

"Ok. Agora eu tenho um foco, eu sei onde quero chegar, como quero trabalhar, qual meu posicionamento diante da vida, assumi a responsabilidade de correr atrás disso e acredito, pelo menos um pouco, que posso escolher. Como isso vai me fazer arrumar um emprego?"

Você percebeu o quanto de energia você tem que colocar para chegar até aqui? Então, para arrumar aquele emprego, você vai ter que colocar ainda mais energia nessa receita. Colocar energia é colocar intenção, atenção, carinho e muito trabalho. É ler a vaga, entender a vaga, ler sobre a empresa, entender a empresa, analisar o quanto daquela vaga e daquela empresa se encaixam no seu perfil profissional e fazer um currículo e carta de apresentação exclusivos para ela.

É treinar para entrevista, pensando em como destacar e exemplificar suas principais características para atender àquela oportunidade. É escolher com carinho e cuidado a roupa e a forma que irá se apresentar, afinal você também já conhece o perfil da empresa e já imagina como eles esperam que você se apresente.

Essas informações você só tem se realmente assumiu a responsabilidade, buscou se conhecer melhor, se posicionou, definiu um foco e colocou toda sua energia ali. Aqueles que enviam mil currículos automáticos por mês, terão respostas automáticas ou então, decepções automáticas depois de no máximo 3 meses de trabalho, tirando as raras exceções que conseguem um emprego bem bacana assim.  

Já aqueles que escolherem hoje seguir os "passos" que (apenas) comecei a detalhar nessa newsletter, terão respostas com energia dedicada, naturalidade para interagir numa entrevista, coragem de escolher e de serem escolhidos. A energia que você põe para conquistar, são suas chances de conseguir.

Não imagine que um recrutador devolverá energia, inclusive feedbacks, mesmo que negativos, se você também não depositou energia ali. A conta não fecha, entende? 

Você pode encarar toda essa complexidade como uma dificuldade ou encarar como uma segunda chance de fazer esse ano ser o grande ano da sua mudança de carreira. E pode ficar tranquilinho, não vou jogar essa bomba e sair correndo. Temos o resto do ano todo juntos e eu vou fazer o possível para continuar produzindo conteúdo e cursos acessíveis que irão te ajudar a passar por isso. Combinado?

Anote em algum lugar os 6 movimentos abaixo, que serão as ações mais importantes do seu ano e deixe num lugar que você vai ver todos os dias, para não se esquecer nunca mais e começar hoje mesmo:

1. Assumir a responsabilidade
2. Iniciar o processo de autoconhecimento
3. Alinhar e respeitar o posicionamento diante da vida
4. Acreditar que é possível escolher
5. Definir o foco - empresa, vaga, objetivos
6. Colocar TODA sua energia nessa busca e na execução dela

Considerações finais: se você investiu energia para ler e absorver todo esse conteúdo até aqui, você Já começou o seu processo e eu não tenho dúvidas de que você vai conseguir. E se alguém te disser que eu to mentindo, pode mandar falar comigo! hahaha

Por isso, quero ser o primeiro agente do seu fluxo de retorno de energia investida. Decidi escrevendo esse e-mail oferecer 30% de desconto em qualquer serviço de coaching individual meu, com a possibilidade de parcelar em até 3x sem juros, via PagSeguro e 40% para quem puder investir à vista, via tranferência bancária.

E, não. Isso não é pra te amarrar, não é marketing barato, nem estratégia de vendas. É o meu coração dizendo que você merece uma oportunidade se chegou até aqui e o meu foco definido de apoiar a tranformação de muitas vidas esse ano! Sou eu movimentando meu próprio fluxo de energia investida.

Essa promoção não acaba daqui 5 minutos, as vagas não são limitadas, não tem prazo nem pegadinha: leu até o final, sentiu que quer mudar essa realidade de uma vez por todas, ganhou. E essa é só a sua primeira prova de que o retorno da energia aplicada funciona.

Beijos e beijas,

Raquel Tetti :)

Obs1: Se você escrever os 6 movimentos e colar em algum lugar, manda uma foto pra mim? Meu coraçãozim vai derreter de amor! <3

Obs2: Se você tem alguma dúvida, quer conversar sobre o assunto ou só falar o que pensa, pode responder o e-mail! Vou adorar ouvir você, até se você discordar de mim.

Obs3: Se você tiver alguma sugestão de tema, fique à vontade para falar!

Obs4: Acompanhe mais dicas pelo meu site e redes sociais. Os links estão nos ícones abaixo.
Facebook
Instagram
Twitter
Site
Quer mudar a forma como recebe meus emails?
Você pode atualizar suas preferências aqui!

Não quer mais receber essa news maravilhosa?
Você pode se descadastrar da lista aqui!

Copyright © 2017 Raquel Tetti Coaching, All rights reserved.